terça-feira, 21 de agosto de 2018

Capas Turma da Mônica N°47 : Chico Bento nº 21 - Editora Abril - Junho/1983!

No dia 02 de junho de 1983 era lançada a 21ª edição do gibi do Chico Bento pela Editora Abril. Trazia como abertura a história "Professora Nova".

Uma capa comum do Chico, envolvendo pescaria, onde ele mostra ao Zé da Roça o tamanho de um peixe que ele pegou (ou quase pegou), já que o peixe encontra-se abocanhando nosso querido personagem.
capasmonica.png (617×159)
Créditos ;)  Marcelo Sanches - https://capasdaturmadamonica.blogspot.com/2018/05/chico-bento-n-21-editora-abril-junho1983.html

Charge N°65138!

Tiras N°10037 : Turma da Mônica - Mauricio de Sousa!

Preparem seus memes: a Turma da Mônica está no Twitter! Se é conteúdo de "zoeila" que você quer, é conteúdo de "zoeila" que vai ter e muito mais. Bora tomar a internet com a gente!

Tiras N°10036 : Turma do XAXADO - Antonio Cedraz!

Tiras N°10035 : Salmonelas - Benett!

Charge N°65137!

Ria...Se Puder N°5727 - me da um pedacinho? - acabou migo

Charge N°65136!

Tiras N°10034 : Quadrinhos Disney - Walt Disney's!

Tiras N°10033 : PEANUTS/SNOOPY - Charles Schulz!

Tiras N°10032 : Calvin and Hobbes - Bill Watterson!

Charge N°65135!

segunda-feira, 20 de agosto de 2018

Arquivos Turma da Mônica N°655 - Chico Bento: HQ "Isto é uma piscina!"

Capa de 'Chico Bento Nº 70' (Ed. Abril, 1985)
Nessa postagem mostro uma história de quando o Chico Bento foi com o seu Primo Zeca a um clube com uma piscina na cidade  pela primeira vez. Com 8 páginas no total, foi história de abertura publicada em 'Chico Bento Nº 70' (Ed. Abril, 1985).

Começa com o primo Zeca apresentando para o Chico a piscina do clube, que estava lotada de gente lá, tanto dentro quanto fora da piscina. Chico se impressiona e pergunta ao Zeca que era aquele o lugar que o pessoal da cidade vão nadar e então Zeca pergunta se Chico está com inveja.
Chico se abana dizendo "Ô" com desdém, afinal na roça ele tinha o ribeirão que era bem melhor na visão dele. Zeca diz que vai levar o primo toda vez que for visitá-lo. Zeca entra na piscina, falando que a água tá uma delícia e Chico vai até lá. Ele caminha e comenta que já devia está na tal piscina, aí quando vai ver, eles estava pisando a cabeça do pessoal que estava nadando lá e eles xingam o Chico com palavrões de tanta raiva que ficaram.
Chico sai da piscina e depois Zeca lá dentro fala para ele ir logo lá. Chico então tira o calção e fica pelado na frente de todo mundo. Zeca sai desesperado da piscina, falando que o Chico está doido e colocar logo a calça. Chico, na sua inocência, diz que no rio ele nada pelado e Zeca diz que lá não é um rio, e, sim, uma piscina e ele tinha que nadar de roupa. Nesse momento, Chico vê uma mulher com um mini biquíni com quase tudo de fora, e pergunta se o primo tem certeza disso.

Em seguida, Zeca entra na piscina e logo em seguida o pessoal do clube entra também passando a vez do Chico. Ele, então, resolve pegar uma vara de pescar e passa a pescar cada pessoa da piscina uma a uma e aí sim quando tira todo mundo, ele vai nadar, falando que chega de pescaria por hoje. Lá, na piscina, ele até que acha gostoso nadar lá, até que uma menina gorda cai em cima dele e quase se afoga. Zeca está na beira da piscina, quando o Chico surge agitado, gritando que está chovendo gente em cima dele, acabou de cair uma gordona na cabeça dele e Zeca avisa que ele não tinha que ficar embaixo do trampolim.
Chico vai até o trampolim para saber como era essa novidade. Chegando lá no topo, acha alto demais, fica assustado e pretende voltar, mas já tinha muita gente atrás dele querendo pular no trampolim e o jeito era ele pular para não dar vexame. Ele lembra do salto que um homem fez ao ver o trampolim lá de baixo e resolve fazer o mesmo, mas o pé acaba encostando na ponta do trampolim e acaba o Chico subindo e vai parar em cima de um salva-vidas. Então, Chico deduz que um salva-vidas serve para quando despencar do trampolim para cair em cima dele. O salva-vidas fica uma fera e xinga o Chico com palavrões e Chico reclama que não entende o motivo do salva-vidas estar brabo se aquilo era o trabalho dele e se não gosta não devia estar lá.
Zeca tira o Chico de lá e chama para tomar sol e ficarem bronzeados nas cadeiras do clube. Chico diz que na próxima vai levar a rede da roça porque o povo da cidade não sabem de nada. Eles ficam 1 hora debaixo do Sol e então Zeca acha que está forte e resolve ir para sombra e pergunta para o Chico se ainda vai ficar lá no Sol. Chico diz que o pessoal da cidade não é de nada, que ele está acostumado a pegar Sol e que para ele o Solzinho era mixuruca e então continua lá se bronzeando cada vez mais. No final , Chico volta para a roça e quando o ônibus desembarca, Zé Lelé fica feliz com a volta e resolve abraçá-lo. Zé Lelé comenta que o passeio fez bem ao Chico, por ele está animadinho, sendo que na verdade, ele teve insolação e tava todo queimado com corpo ardendo e arrependido de não ter ouvido o primo e sair do Sol naquela hora.
Uma história muito engraçada com o Chico vendo uma piscina pela primeira vez, causando várias confusões lá. Gostava dessas histórias do Chico na cidade, descobrindo como era os costumes da cidade pela primeira vez e esse contraste da roça com a cidade era muito bom. Uma simples visita a um clube, como ele pôde arrumar tanta confusão. É de rachar de rir vendo o Chico tirando a roupa como se fosse o ribeirão da roça, pescar as pessoas pra nadar sozinho, pular de trampolim, entre outros. tudo na inocência e do seu jeito espontâneo de ser, agindo como se fosse uma coisa mais natural possível, mas na visão dos outros ele se passa por lerdo e retardado.

Deu para notar várias situações isoladas, de coisas que podiam fazer em um clube e que com o Chico causa confusão. Essa foi uma das primeiras histórias desse estilo do Chico na cidade com o primo, agindo como um lerdo que não conhecia nada. Na Globo ficou mais frequentes histórias assim e muitas delas antológicas e agora na Editora Panini não fazem mais histórias assim, só aparecendo o Zeca na roça.
Tem várias situações incorretas que se tornam impublicável hoje em dia, como o Chico Bento pelado no clube, os palavrões, a visão dos seios e corpo da mulher em destaque, Chico chamar a menina de "gordona" dando um ar preconceituoso, Chico e Zeca ficarem 1 hora no Sol direto sem protetor solar e ainda o Chico ter ainda mais ficado mais tempo ainda sofrendo com insolação e pele ardendo por isso no final. Apesar da lição no final de que não deve ficar exposto ao Sol forte por muito tempo, mas ainda assim hoje em dia não é bem visto finais com personagens sofrendo.
Os traços muito bons do início da fase consagrada, e dessa vez com os cabelos dos personagens com brilho azul ao invés de brilho branco. É que nos gibis de 1985 era característico colocarem os personagem com cabelo com brilho azul. As imagens eu tirei do 'Almanaque do Chico Bento Nº 33' (Ed. Globo, 1996) e eles preservaram isso, só que os tons de cores por ser uma história da Editora Abril, eles colocaram os tons de cores iguais aos dos gibis convencionais da época, por isso o tom de marrom por exemplo, bem escuros, como estavam saindo, como uma espécie de luto à morte da roteirista Rosana Munhoz, que havia falecido meses antes. 

O título dessa vez formado pela fala do Zeca, coisa muito comum de ter títulos com as falas dos personagens na época. Alguns quadrinhos apareceram 3 ou 4 quadros por linha, diferente do convencional, hoje em dia colocariam tudo no formato padrão como alternativa da história de ocupar mais páginas no gibi. Termino com a capa do 'Almanaque do Chico Bento Nº 33' onde foi republicada:

Capa de 'Almanaque do Chico Bento Nº 33' (Ed. Globo, 1996)
arquivo.png (617×209)
Créditos ;)  Marcos Alves - http://arquivosturmadamonica.blogspot.com/2018/08/chico-bento-hq-isto-e-uma-piscina.html

Charge N°65134!

Charge N°65133!

Charge N°65132!

Charge N°65131!

Charge N°65130!

Charge N°65129!

Tiras N°10031 : Turma da Mônica - Mauricio de Sousa!

 Uma semana cheia de diversão para todos! Melhor ainda se for na Chácara Turma da Mônica.

Tiras N°10030 : Turma do XAXADO - Antonio Cedraz!

Tiras N°10029 : MAFALDA e sua turma - Quino!